Atendimento Terapêutico

Um paciente em atendimento terapêutico

Atendimento Terapêutico é um processo do profissional junto ao paciente que apresente alguma dificuldade psicossocial ou distúrbios afim de trazer ao paciente a inclusão social e o desenvolvimento da sociabilidade.

atendimento terapêutico é um complemento aos outros atendimentos prestados da psicologia ou tratamentos médicos. Com o princípio de resgatar aspectos saudáveis da vida da pessoa que enfrenta problemas.

O Atendimento Terapêutico teve suas origens nos Estados Unidos e chegou ao Brasil em Porto Alegre, Rio Grande do Sul em 1960, com influencias tanto do desenvolvimento desinstitucionalização dos hospitais psiquiátricos como pela influência da psiquiatria democrática na Itália.

Atualmente o atendimento psicológico utiliza os referenciais teóricos da psicanalise, psicodrama e terapia cognitivo-comportamental, sistêmica e o humanismo associados aos referenciais da reforma psiquiátrica e reabilitação psicossocial.

O atendimento terapêutico se relaciona as áreas da saúde e da educação. O profissional responsável, psicólogo, auxilia os pacientes que apresentam alguma dificuldade psicossocial do tipo mental ou algum outro distúrbio, a fim de promover a seu paciente o desenvolvimento e inclusão social.

Psicóloga Dra. Cecília Freytas sorrindo
Precisando de Atendimento Terapêutico? Agende agora a sua consulta presencial (São Paulo) ou online (à distância). Terei prazer em atender você!

Atendimento Terapêutico: como funciona

Para que serve o atendimento terapêutico?

Esse segmento é utilizado na maioria das vezes para complementar atendimentos como tratamentos de medicamento, psicoterapia entre outros.

Como objetivo principal o atendimento terapêutico lida com pacientes com dificuldades em se relacionar com outras pessoas, dependências químicas, deficiências mentais, transtornos mentais e síndromes que envolvam quaisquer aspectos físicos, mentais e sociais.

Alguns exemplos de sintomas e afecções que constrangem o sujeito em suas relações sociais são: depressão, fobia, síndrome de pânico, distúrbio bipolar, distúrbios de aprendizagem, transtornos alimentares, toxicomanias, alcoolismo, crises de ansiedade, crises psicóticas, doenças terminais ou degenerativas, perdas cognitivas e neurológicas.

Alguns casos são necessárias intervenções da ou na família, para recuperar as ações cotidianas dos pacientes, as habilidades e o paciente sobretudo passara a visar seus reconhecimentos e a ampliação de seus espaços internos e externos.

Ajude compartilhando...

Facebook
LinkedIn
Twitter
Telegram
WhatsApp

Fale com a Psicóloga

Escolha a sua Sessão...

Sessão Presencial (São Paulo-SP)

R$ 250 *
por 01 sessão de psicoterapia de 50 minutos

Olá! Precisando de ajuda emocional?