Search
Close this search box.

Depressão: tratamento e psicólogo (SP e Online)

A psicóloga Cecília Freytas possui especialização em tratamento para Depressão. Ela acolherá você via consulta presencial na clínica em Santo Amaro (SP, capital) ou por consulta online (videochamada).
+71 notas máximas no Google
5/5
Psicóloga SP e Online Cecília Freytas
Psicóloga SP e Online Cecília Freytas

Depressão

Neste artigo, você aprenderá mais sobre o tema Depressão: o que é, causas, sintomas e tratamentos.
Psicólogo para tratar Depressão

A depressão pode atingir os indivíduos em qualquer etapa da vida e, apesar da recorrência ser mais elevada nas idades médias, vem ocorrendo um crescimento na fase da adolescência e no começo da vida adulta.

Apesar da depressão se caracterizar como um transtorno do humor, há quatro conjuntos de sintomas mais comuns: emocionais, físicos, motivacionais e cognitivos.

O indivíduo deve apresentar este conjunto de sintomas para receber o diagnóstico de depressão, porém, quanto mais sintomas forem apresentados e maior foi a intensidade, maior será a certeza de que a pessoa sofre dessa patologia.

Alguns fatores hereditários e genéticos têm envolvimento nos casos de depressão, que pode ser gerada em decorrência de uma disfunção bioquímica do cérebro.

Cecília Freytas Psicóloga SP e Online
Precisando de tratamento para Depressão?

Agende agora um atendimento presencial (São Paulo-SP) ou online (videochamada) para todo o Brasil e outros países.

O que é Depressão?

A expressão depressão surgiu pela primeira vez no ano 1960 como designação de um estado de perda de interesse pela vida ou estado de desânimo.

O conceito de depressão foi desenvolvido e emergiu com o declínio das crenças supersticiosas e mágicas que eram a fundamentação da compreensão dos transtornos mentais até o momento.

Os transtornos depressivos são parte das patologias com prevalência crescente e elevada na população.

A depressão é considerada uma doença recorrente, crônica e psiquiátrica, um problema complexo que as principais características são um estado de ânimo irritável, a redução do comportamento instrumental adaptativo e a falta de motivação.

O que causa a Depressão?

A depressão pode atingir os indivíduos em qualquer etapa da vida e, apesar da recorrência ser mais elevada nas idades médias, vem ocorrendo um crescimento na fase da adolescência e no começo da vida adulta.

Os transtornos podem ter variação conforme a gravidade, podendo ser de branda até muito grave, acontecendo diversas vezes de forma esporádica, porém, pode ser crônica ou recorrente, e as mulheres possuem maior vulnerabilidade aos estados depressivos devido à oscilação hormonal, que ficam expostas especialmente no período fértil.

Nos Estados Unidos, em torno de 70% das prescrições dos antidepressivos são realizadas para as mulheres.

Apesar da depressão se caracterizar como um transtorno do humor, há quatro conjuntos de sintomas mais comuns:

  • Emocionais (perda de prazer, tristeza)
  • Físicos (mal-estar nas atividades, aumento de dores, fadiga, mudança de sono e apetite)
  • Cognitivos (enfraquecimento da memória e da concentração, desesperança e visão negativa de si)
  • Motivacionais (falta de persistência e de iniciativa e passividade).

O indivíduo deve apresentar este conjunto de sintomas para receber o diagnóstico de depressão, porém, quanto mais sintomas forem apresentados e maior foi a intensidade, maior será a certeza de que a pessoa sofre dessa patologia.

Abatimento e tristeza são considerados sintomas emocionais apresentados mais comumente nos casos de depressão. A pessoa se sente triste, sendo despedaçado, com frequência tem crises de choro e pode pensar em suicídio.

Ainda ocorre com frequência a falta de satisfação com a vida. Os gestos que antes geravam satisfação, parecem insignificantes e tristes.

A maioria dos pacientes com depressão diz não mais gozar de atividades anteriores, e muitos afirmam que perdem o afeto e o interesse pelas pessoas.

Os sintomas cognitivos têm envolvidos baixa autoestima, pensamentos negativos e sensação de culpa pelos fracassos. As pessoas duvidam da sua capacidade de conseguir fazer algo para melhorar sua vida.

Com relação aos sintomas físicos, são apresentadas perturbações do sono, perda de energia, alteração de apetite e fadiga. A pessoa fica concentrada no interior e não em eventos externos, pode se preocupar com a saúde e exagerar mal-estares e pequenas dores.

O diagnóstico da depressão é realizado com base na presença de certos sintomas manifestados em uma certa intensidade e duração, além de tomar como base a história do paciente.

Devido ao fato do estado depressivo ter a possibilidade de ser um sintoma secundário a diversas doenças, é importante sempre determinar o diagnóstico diferencial.

Alguns fatores hereditários e genéticos têm envolvimento nos casos de depressão, que pode ser gerada em decorrência de uma disfunção bioquímica do cérebro.

O tratamento principal é o farmacoterápico, podendo ter associação com a psicoterapia.

Existem evidências da atividade física ser um recurso relevante para a reversão dos quadros de depressão, no entanto, nem todos os indivíduos com predisposição genética têm reações da mesma forma frente os fatores que atuam como gatilho para as crises: estresse psicológico e físico, consumo de drogas lícitas e ilícitas, acontecimentos traumáticos na infância, algumas doenças sistêmicas, certos medicamentos.

A depressão possui um bom prognóstico, pois é tratada na maior parte dos casos. Porém, as pessoas podem ter recidivas.

Cerca de 25% dos pacientes podem apresentar um episódio novo dentro de seis meses, sendo que de 30 a 50% apresenta nos primeiros dois anos, e por volta de 50 a 70% pode apresentar um episódio novos em cinco anos.

A recidiva é menor nos pacientes que seguem com o tratamento psicofarmacológico profilático.

O que os clientes dizem sobre a psicóloga Cecília Freytas

+ 71 Notas 5 Estrelas Google
5/5
RenatoCliente
Read More
Psicóloga sensacional! Ainda faço terapia com ela e, contribui e continua contribuindo muito na minha vida no sentido de melhoras e mudanças. Local muito bom de fácil acesso, consultório de ambiente muito agradável e acolhedor.
IramaiaCliente
Read More
Excelente profissional, foram quase quatro anos de aprendizado, hoje sou uma outra pessoa, me ajudou muito em um momento muito difícil da minha vida, obrigada por tudo.
RicardoCliente
Read More
Após anos procurando uma profissional séria e experiente, encontrei a Cecília. Faz toda a diferença do mundo fazer terapia com uma pessoa extremamente inteligente e perspicaz....você sente que ela ENTENDE o seu problema de fato, e não apenas desfila chavões que eu cansei de ouvir da boca de profissionais menos preparados. Ela me fez acreditar que psicologia funciona! Recomendo mil vezes.
ArnoudCliente
Read More
Dra. Cecilia é focada na solução do problema. Estuda caso a caso, apresentando soluções/práticas /exercícios. Uma ótima terapeuta. Obrigado
RobertoCliente
Read More
Posso afirmar sem medo de errar tratar-se de uma excelente profissional, que exerce seu ofício com a maior presteza e profissionalismo, sendo que passei por algumas consultas em um momento muito difícil da minha vida. Só tenho a agradecer por tanto que me ajudou .🙋🏻‍♂️🙏❤️
EduardoCliente
Read More
Uma excelente profissional, estou muito feliz em estar sendo acompanhado pela Dra. Cecília, muito capacitada e atenciosa, super indico tá de parabéns!

Conclusão

A depressão pode acontecer em qualquer etapa da vida, sendo na infância, na adolescência, na maturidade e na velhice.

Ocorre a variação de sintomas conforme o caso, e isto pode conduzir o indivíduo para a perda de interesse pela vida e para um estado de desânimo, que se não tiver tratamento, o paciente pode ser levado a morte.

É importante ressaltar que é necessário diferenciar a depressão patológica da tristeza transitória causada por acontecimentos que são desagradáveis, desentendimentos familiares, decepção amorosa e dificuldades econômicas.

Indivíduos sem a doença que enfrentam adversidades, se entristecem, sofrem, porém, encontram um modo de superá-las.

Nos quadros de depressão, não há trégua no desânimo e na tristeza, mesmo que não exista uma causa aparente, o interesse por atividades que davam sensação de prazer e bem-estar somem.

Portanto, é importante ficar atento e buscar ajuda assim que identificar um quadro depressivo, e a psicoterapia é uma forte aliada no tratamento para a depressão.

Agende a sua primeira consulta para tratar Depressão

Dúvidas Frequentes

A resposta é que não há uma regra única, mas sim alguns sinais que podem indicar que você precisa de ajuda profissional.

Alguns desses sinais são: baixa autoestima, dificuldade nos relacionamentos, perda ou trauma, desinteresse por coisas que gostava de fazer, sensação de perda de controle da própria vida, sentimentos intensos como tristeza, raiva ou ansiedade.

Um psicólogo pode te ajudar a entender e lidar com seus problemas, oferecendo apoio, orientação e ferramentas para enfrentar os desafios da vida.

Se você se identifica com algum desses sinais, não hesite em agendar a sua primeira sessão. A terapia pode fazer a diferença na sua saúde mental e bem-estar.

Sim. A terapia é um processo que ajuda as pessoas a resolverem seus problemas emocionais, comportamentais e psicológicos, com o apoio de um profissional qualificado e ético.

A terapia pode trazer vários benefícios para a saúde mental e o bem-estar das pessoas, como promover o autoconhecimento, a inteligência emocional, os relacionamentos interpessoais, a superação de traumas, o autocontrole, o reconhecimento das habilidades e a expressão livre dos sentimentos.

A psicoterapia é um investimento na qualidade de vida e na felicidade de cada um.

Um psicólogo é um profissional que estuda e ajuda as pessoas a lidarem com seus problemas emocionais e comportamentais.

Ele não resolve os problemas por você, mas te ajuda a encontrar as suas próprias soluções.

Ele te escuta, te orienta, te apoia e te ensina técnicas para melhorar sua saúde mental e emocional.

Você pode agendar uma sessão online ou presencialmente, em Santo Amaro, SP Capital, com a psicóloga Cecília Freytas.

A duração de uma psicoterapia varia de acordo com cada caso e depende de fatores como:

  • O que o cliente quer resolver na terapia
  • O método de trabalho do terapeuta
  • O problema que motivou a consulta
  • A situação emocional do cliente
  • A disponibilidade de tempo do cliente

Não há um tempo fixo e determinado para uma terapia, mas sim um processo que se adapta às necessidades e aos objetivos de cada cliente. Uma terapia pode durar desde alguns meses até alguns anos, dependendo da combinação desses fatores.

O importante é que o cliente se sinta confortável e confiante com o processo terapêutico e que perceba os benefícios que a terapia pode trazer para sua saúde mental e sua qualidade de vida.

Segundo o Código de Ética do Psicólogo, não é permitido ao profissional fazer qualquer estimativa da duração do tratamento, e ainda, garantir ou prometer resultados.

Uma consulta dura em média 50 minutos, a depender do tipo de psicoterapia. Porém, há sessões que duram 2 horas ou mais. Consulte a duração da consulta no momento do seu agendamento.

Nossas consultas são particulares. Não atendemos convênio, no entanto, emitimos recibo para que você possa solicitar um reembolso. Confira as regras de reembolso junto ao atendimento do seu convênio.

Aceitamos pix à vista, boleto à vista e cartão de crédito em até 4x.

Basicamente você precisará do seu smartphone ou um computador com câmera, microfone e fones de ouvido (headset) conectado à internet. Após agendar e confirmar, você receberá um link de acesso à sala virtual (aplicativo) para a sua sessão com a psicóloga. Recomendamos escolher um local reservado e seguro.

A clínica localiza-se no bairro Santo Amaro, em São Paulo, capital. Se você está em outra cidade, pode escolher a terapia na modalidade online (por videochamada). Buscando psicóloga SP? Conte com a Cecília Freytas!

Converse por WhatsApp

Quer agendar uma Consulta Online ou Presencial?

Os cookies nos ajudam a entregar nossos serviços. Ao usar nossos serviços, você aceita nosso uso de cookies. Descubra mais